Os preços dos diamantes cultivados em laboratório continuarão a descer - Edhan Golan

Numa entrevista exclusiva com o Mathew Nyaungwa, da Rough & Polished, Edahn Golan, proprietário da Edahn Golan Diamond Research and Data, previu que os preços dos diamantes cultivados em laboratório continuariam a baixar, especialmente ao nível do retalho...

08 de abril de 2024

Paul Zimnisky: Os diamantes naturais correm o risco de perder o seu atrativo se forem constantemente descontados

No entanto, o analista e consultor independente de diamantes e jóias de Nova Iorque, Paul Zimnisky, disse a Mathew Nyaungwa, da Rough & Polished, numa entrevista exclusiva, que a indústria deveria acabar com os descontos.

04 de abril de 2024

Ellah Muchemwa, da ADPA: As restrições do G7 trarão custos adicionais da extração de diamantes para o retalho

A Associação Africana de Produtores de Diamantes (ADPA), que tem manifestado abertamente o seu desdém pelas restrições ao comércio de diamantes em bruto impostas pelo G7, é de opinião que a medida trará custos adicionais em todas as fases, desde...

18 março 2024

Eduard Gorodetsky: Atualmente, assistimos a uma grande procura de diamantes sintéticos para utilização no segmento tecnológico e não na joalharia

O Diretor-Geral do Centro de Investigação, Eduard Gorodetsky, falou à Rough&Polished sobre a situação atual da empresa, as novas tecnologias exclusivas na síntese e produção de cristais cultivados em laboratório, bem como os planos a longo prazo do Centro...

14 março 2024

Devendra Bhandari, da Dev Jewels: É dispendioso criar fábricas de lapidação e polimento de diamantes em África

Os países produtores de diamantes em África têm estado numa ambiciosa iniciativa para acrescentar valor aos seus diamantes em bruto, numa tentativa de obter mais receitas. No entanto, a África está a revelar-se um local caro para lapidar e polir diamantes...

04 março 2024

A Goldplat continua a ser rentável, apesar de enfrentar desafios na África do Sul

29 março 2024

A Goldplat, que tem operações de mineração de ouro na África do Sul e no Gana, alcançou resultados lucrativos para os seis meses encerrados em 31 de dezembro de 2023, apesar de enfrentar circunstâncias desafiadoras na África do Sul.

O lucro operacional da empresa para o período em análise foi de £ 2,97 milhões, mostrando um aumento positivo em comparação com o lucro operacional de £ 2,81 milhões relatado para os seis meses encerrados em 31 de dezembro de 2022.

Isto foi particularmente notável, dado o aumento significativo da receita de £20,6 milhões para £37,40 milhões, representando um crescimento de 82%.

As operações de recuperação no Gana registaram um impressionante aumento de receitas de 167%, enquanto as operações na África do Sul registaram um ligeiro declínio de 9% nas receitas.

O aumento das receitas no Gana deveu-se principalmente à venda de uma quantidade significativa de material de alta qualidade e de baixo lucro.

Este material tinha-se acumulado devido a atrasos na exportação causados pelo facto de a empresa ter finalizado a sua licença de exportação no período financeiro anterior. Para além disso, algum material só foi fornecido durante o período.

A diminuição das receitas na África do Sul pode ser atribuída ao impacto dos cortes de eletricidade na produção, bem como a uma redução dos subprodutos recebidos das atuais operações mineiras devido a alterações no seu perfil de produção.

Mathew Nyaungwa, Editor Chefe do Bureau Africano, para a Rough&Polished